BTG eleva preço-alvo da Cielo

BTG eleva preço-alvo da Cielo

 

BTG Pactual (BPAC11) elevou o preço-alvo das ações da Cielo (CIEL3), de R$ 4,50 para R$ 5. A recomendação, no entanto, permanece neutra.

Os analistas Eduardo Rosman e Thomas Peredo preferiram manter cautela em relação à empresa, dando preferência para PagSeguro (PAGS) e Stone (STNE).

“No curto prazo, a PagSeguro é o nosso nome preferido para enfrentar a covid-19. Mais exposição ao segmento informal significa mais resiliência no volume total de pagamentos e em take-rates, e seu mercado acessível provavelmente crescerá depois da crise”, afirmaram Rosman e Peredo, em relatório divulgado aos clientes ontem 02/06/2020.

Sobre a Stone, ação predileta a longo prazo, o banco destacou a boa atuação da administração, que conseguiu reagir rapidamente contra a crise e se adaptou à nova realidade.

O BTG também elevou os preços-alvos dos dois papéis, de US$ 30 a US$ 39 para a PagSeguro e de US$ 31 a US$ 41 para a Stone. A recomendação de compra foi mantida para ambas as empresas.

Resultados

A Cielo viu o lucro cair quase 70% no primeiro trimestre de 2020, totalizando R$ 166,8 milhões. As medidas de isolamento social implementadas no período corroboraram para o cenário desafiador da companhia, que continua enfrentando pressão nas margens.

O Ebitda atingiu R$ 573,9 milhões, queda de 30,7% na comparação anual.

Esperamos que essa notícia seja útil para os seus investimentos!

Quer receber informações gratuitas da carteira de ações do Escudo De La Costa®?  Então nos adicione no  whats App: (21) 98779-7304 e se inscreva em nosso canal no telegram para receber as atualizações da nossa carteira
Telegram: https://t.me/escudodelacosta

Escudo De La Costa®

 

Fonte: https://www.moneytimes.com.br/pagamentos-btg-eleva-preco-alvo-da-cielo-mas-reitera-preferencia-por-pagseguro-e-stone/